Clique nas imagens para mais informação

No Ano Europeu do Património Cultural, a ÉTER – Produção Cultural e a Câmara Municipal de Sintra apresentam um ciclo de teatro e cultura portuguesa em espaços do Património Cultural sintrense. Autores e figuras históricas centrais da cultura portuguesa fundem-se em momentos dramatúrgicos vivos com diversos locais patrimoniais de Sintra. O ciclo de 5 espetáculos conta com textos originais ou adaptações da autoria de Miguel Real, encenação de Filomena Oliveira, música original e multimédia de David Martins.

Confrontado com o Ultimatum inglês, Carvalho Monteiro recebe na sua quinta de Sintra três ilustres escritores.
ENTRADA/ FEE:
4€ < 17 anos e > 65 anos
6€ Adultos
DOMINGO: Gratuito para Munícipes
(Válida para visita à Quinta | Valid for visiting Regaleira)
INFO: +351 21 910 66 50
Ficção de Saramago sobre o Ser de papel que é Ricardo Reis, por sua vez ficção de Pessoa. Ficção de ficção no Portugal de 1936.
ENTRADA/ FEE: 10€
Reservas/Booking
+351 21 910 71 10
Venda/To Buy
–2407346414
-No local próprio dia
Em Queluz, a consciência de D. Maria I, atormentada pela ligação entre o seu pai e o Marquês de Pombal, arrasta-a lentamente para a loucura, o verdadeiro inferno.
ENTRADA/ FEE: 10€
Reservas/Booking
–book@virtualeter.com
Venda/To Buy
TicketLine
-No local próprio dia
(Pagamento MB não disponível)
Encontro intemporal entre Camões e Pessoa em Sintra
ENTRADA LIVRE
Pessoa, morto, convoca os heterónimos para um misterioso encontro em Sintra no dia do seu aniversário. Quem irá?
ENTRADA/ FEE: 10€
Reservas/Booking
–book@virtualeter.com
Venda/To Buy
TicketLine
-No local próprio dia
(Pagamento MB não disponível)
Autores | Writers: Filomena Oliveira e Miguel Real || Encenação | Direction: Filomena Oliveira || Música Original e Orgânica Sonora | Original Music & Multimedia: David Martins || Voz | Vocals: Ilesa da Costa Martins | Andreia João Barnabé “Freakshow” | Tito Ribeiro ||  Elencos | Cast: António Mortágua | Cláudia Faria | Filipe Araújo | Hugo Bettencourt | João Cabral | João Mais | Leonor Cabral | Maria Barracosa | Miguel Mendes | Pedro Oliveira | Rogério Jacques | Sara Rio Frio | Sérgio Moura Afonso | Suzana Branco ||  Desenho de Luz | Light Design: David Martins ||  Operação Luz e Som | Sound & Light Operation: David Martins | Nuno Gomes  || Imagem | Video Image: Caracóis Voadores (Edgar Oliveira) | Barnabé Freixo || Operação Vídeo | Video Operation: José Ricardo ||  Tradução | Translation: Mauro Matias || Legendas | Subtitles: Pedro Florentino || Estruturas | Structures: Vito Fernandez  || Grafismo | Design: Rafael Galhardas | Cláudia Faria || Apoio Cénico | Scenic support: Câmara dos Ofícios ||  Produção Executiva | Executive Production: Maria Barracosa || Coprodução | Co-production: ÉTER – Produção Cultural​ | Câmara Municipal de Sintra

Documentário do Projeto “Vieira – O Céu na Terra”

Documentário que revela a experiência artística e cultural realizada pela ÉTER – Produção Cultural em Belém do Pará (Março de 2015) e na Guiné-Bissau (Maio de 2015):
Vieira – O Céu na Terra – um projeto de Teatro, Instalações multimédia e Conferências – em torno da vida e obra de Padre António Vieira, interligando artistas e entidades de Portugal, Guiné Bissau e Brasil.

REALIZAÇÃO e EDIÇÃO Barnabé Freixo | IMAGEM Barnabé Freixo, David Martins, Demba Sanhá, Magda Bull, José Ricardo | OPERAÇÃO DRONE Barnabé Feixo | PÓS- PRODUÇÃO ÁUDIO Nelson Marquez (bolita sonido) | PRODUÇÃO Éter – Produção Cultural, Coixi Media | PRODUÇÃO EXECUTIVA Cláudia Faria, Magda Bull | MÚSICA “Índios Celestiais” – David Martins, “O Céu na Terra” – David Martins, “Dissan Na M bera” – Super Mama Djombo

VIEIRA – O CÉU NA TERRA no facebook

Outras criações

CULTURA PORTUGUESA, LUSOFONIA E IDENTIDADE EUROPEIA
TEATRO, LITERATURA, MÚSICA E INSTALAÇÕES MULTIMÉDIA

Criação e Produção Artísticas​ em Monumentos e ​Salas de Espectáculo

A ÉTER – Produção Cultural apresenta espectáculos que revelam e iluminam a história e a cultura portuguesa:

O Ano da Morte de Ricardo Reis (2018) e Memorial do Convento (2007 a 2018), de José Saramago, no Palácio Nacional de Mafra e na Fundação José Saramago; Os Lusíadas (2013 a 2018), de Luís de Camões e As Máscaras de Pessoa (2018) no Mosteiro dos Jerónimos, de Filomena Oliveira e Miguel Real ; Os Maias (2008 a 2018), de Eça de Queirós, no Centro C. Olga Cadaval; Frei Luís de Sousa (2014 a 2018), de Almeida Garrett, no Centro C. Olga Cadaval; Vieira – O Sonho do Império (2009 a 2018),  no Museu Nacional do Teatro e da Dança e Palácio Nacional de Mafra e Liberdade, liberdade!, de Filomena Oliveira e Miguel Real disponível para itinerância (Macau 2010 | Guiné 2013).